[Guia Prático] Ah, a cama… (Parte 2, ou "tudo sobre roupa de cama")

28 dezembro 2013
Você leu o post anterior e já escolheu o seu colchão. Agora é hora de escolher a roupa de cama. Antes de você se jogar naquele lençol de elástico de malha, que depois da primeira lavagem esgarça, embeiça e rasga, lê aqui um pouquinho pra sua compra ser mais inteligente :)


- Os fios:
Vamos começar entendendo que raios é essa coisa de "fios". A quantidade de fios por polegada é que vai definir a maciez e a durabilidade da sua roupa de cama. Para o negócio começar a ficar bom, o produto deve ter ao menos 200 fios. Quanto maior a quantidade de fios, mais confortável e durável será o seu lençol. Eu tenho um jogo de 600 fios que comprei nos EUA (lá é barato, né?) e a textura dele é incrível, chega a ser acetinada. Essa é a diferença de um lençol bom praquele de malha que falei ali em cima: Você paga mais caro, mas ele vai resistir bem ao uso! E não precisa ser um de 600 ou 1000 fios… um de 200, pra bater, tá ótimo.

- As tramas:
As tramas, na verdade, refletem apenas a beleza do material e o relevo, e funciona da seguinte maneira:

Percal: a roupa de cama de percal tem a trama plana. E mais simples e durável. Se você pensa em bordar ou estampar, esse é o acabamento ideal.

Acetinado: São macios, encorpados. Luxo só. Feitos de algodão egípcio, neta trama os fios "flutuam" na superfície do tecido.

Adamascado e jacquard: A trama é feita em tear especial, dando o aspecto de mais de um relevo no tecido.


- Conforto térmico: 
Se você não tem ar condicionado em casa, o ideal é que você opte por uma roupa de cama que refresque o seu corpo. Nesse caso, escolha as fibras naturais, superiores a 200 fios e de tramas mais espaçadas.

Se você mora em regiões frias, use roupa de cama quentinha, e a flanela é a opção ideal por aquecer bem e ser antialérgico. Como o corte deve ser mais preciso, as roupas de cama de flanela tendem a ser mais duráveis e caras.

- Para ter uma cama de novela, vá de kit completo e arrume da seguinte forma: Coloque o lençol de baixo, o lençol de cima (sem virar a dobra), o edredon (ou cobre-leito) e dobre o lençol de cima (por cima do edredon mesmo). Arrume os travesseiros e pronto!

- Manutenção (como lavar e passar):

Eu sei que dá a maior vontade de jogar tudo na máquina, mas vamos com calma:

As dicas MASTER são: sempre lave sua roupa de cama antes de usar, e nunca lave junto com peças de poliéster, senão dá bolinha. Siga sempre as instruções de lavagem do fabricante.

Se sua roupa de cama é de fibra sintética, evite lavagem e secagem em altas temperaturas e tire da incidência da luz solar.

Se sua roupa de cama é de algodão, não lave com água quente.

Seda SEMPRE deve ser lavada à mão e seca naturalmente.

Qualquer roupa de lã deve ser lavada a seco. Do contrario, a probabilidade da fibra deformar é enorme!

O linho deve ser lavado à mão com água fria.

Para passar, é simples: use ferro a vapor e evite engomar, para não "quebrar" a fibra. Peças estampadas ou bordadas devem ser passadas pelo avesso. E, na hora de guardar, evite colocar diretamente no armário, pois os produtos de limpeza que você usa tendem a manchar. O ideal é sempre forrar com um papel.

A lista de cuidados parece grande, mas não é. Pense que é apenas um trabalhinho a mais para garantir o seu conforto na hora de descansar ;)



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Feito com ♥ por Lariz Santana