Tô voltando :)

Lá se vão dois meses da perda da Manuzinha...

Fisicamente estou pronta pra outra (literalmente): tenho alguns exames para fazer até meados de dezembro e, estando tudo bem, já posso retomar os treinos. A ideia da adoção, como eu disse no post passado, ainda persiste em nós. Mas reajustamos nossos desejos. 

Psicologicamente, ainda estou em recuperação. Minhas crises de choro são bem menores e mais espaçadas. Ainda não consigo ver grávidas e bebês, me dá repulsa... e acho que não conseguirei por um bom tempo.

Nesse meio-tempo, conheci no Facebook um grupo muito legal para mulheres que são "tentantes" e mães após a perda de seus anjos, e lá eu encontrei a minha terapia: o grupo é uma corrente de ajuda mútua e tem, obviamente, me ajudado muito a superar a perda. Tem gente com a história pior que a minha, tem gente que já engravidou de novo e tem gente que já tem seus bebês. E saber que, sim, nós podemos, é maravilhoso. Criei um apego enorme por essas meninas e peço a Deus, todos os dias, que nos abençoe, que acalme nossos corações e que cuide das que já conseguiram uma nova gravidez.

E com a perda da Manu eu comecei a olhar o mundo de outra forma. Eu precisava saber que, mesmo longe de mim, minha filha está bem... e encontrei na doutrina espírita um grande apoio. Vou começar um tratamento específico por esses dias, através da ajuda do sogro da minha irmã mais nova, que é um cara de ótimo coração. Foi bom confirmar, com o tanto que tenho lido, que a vida continua e que minha filhota pode, sim, estar perto de nós. E bem viva, graças a Deus!

Ao longo desses dois meses, muitas pessoas entraram em contato comigo aqui pelo blog e eu gostaria de agradecer a cada palavra, do fundo do coração. Para as pessoas que me encheram de esperança, digo que não a perdi (a esperança). Para as pessoas que me procuraram tristes porque passaram por algo igual, eu digo: a dor não passa, mas a gente sobrevive e aprende a se acostumar com ela. No começo é desesperador, mas com o passar do tempo o coração se acalma e a vida segue. Dá vontade de sumir, a gente pede pra Deus nos levar desse mundo... mas isso um dia some. Em mim está sumindo, vai sumir também em vocês. Tenham fé de que o melhor ainda está por vir.

Enfim, eu preciso fazer a vida andar aos poucos, e por recomendação, vou voltar a escrever os assuntos que sempre vimos aqui pelo blog. Tenho alguns projetos novos que andam em paralelo e que eu vou atualizando com o tempo.


Beijos :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...